Grupo Editorial Record
Destinado (Vol. 3 Perdida)

Autor:
Rissi, Carina

R$ 59,90

Destinado: As memórias secretas do Sr. Clarke é o terceiro volume da série best-seller Perdida que conta a história de Sofia, uma garota moderna que vai parar no século dezenove, no qual vive aventuras, confusões e uma apaixonante história de amor.
A história se passa cerca de um ano e meio após o livro anterior, Encontrada. Aqui encontramos Ian Clarke, protagonista de Destinado, um cavaleiro que se considera um homem de sorte, na verdade ele sabe muito bem disso. Ele encontrou a felicidade que tanto almejava ao lado de sua amada (e complicada) Sofia. Não que tenha sido fácil – mas o que é simples quando o assunto é sua esposa? O destino tem sido gentil, e por essa razão Ian se esforça tanto para ser um bom marido, um bom pai, um bom irmão. Entretanto sua felicidade começa a ruir no baile de aniversário de sua irmã, Elisa. A noite começou com felicidade e comemoração, atinge seu ponto alto com um pedido de casamento. Tudo parecia perfeito de verdade, mas uma reviravolta muda tudo. Ian assiste, impotente, enquanto sua vida perfeita se transforma em uma terrível catástrofe. A noite é desastrosa, e Elisa, a menina que ele jurou proteger, se torna alvo de um escândalo.
Mas o pior ainda está por vir. Um assunto do passado, um pesadelo que há muito o persegue, retorna para assombrá-lo. Em Destinado: As memórias secretas do Sr. Clarke, os leitores vão conhecer um novo capítulo da arrebatadora história de amor de Ian e Sofia – desta vez pela perspectiva desse cavaleiro que conquista corações por onde passa.

FICHA TÉCNICA

ISBN: 9788576864578
Dimensões: 23cm x 15,5cm
Idioma: Português
Páginas: 462
Edição: 2015
Acabamento: brochura

SOB OS PÉS, MEU CORPO INTEIRO

Autor:
TIBURI, MARCIA

R$ 49,90

Romance sobre passado e presente da autora de Como conversar com um fascista e Feminismo em comum. Em uma São Paulo distópica, mas perigosamente familiar, uma mulher que não foi capaz de viver a própria vida e uma jovem à procura da mãe desaparecida durante a ditadura militar se envolvem em um jogo de aproximações e distanciamentos em meio a uma cidade apodrecida, em que a insegurança, a crise hídrica, os golpes de Estado e uma elite política carcomida, na qual se destaca um psicopata que manda pintar os muros de cinza, são o retrato do que se construiu a partir do fim das utopias. Neste novo romance, marcado por reviravoltas, ressentimentos, dívidas e buscas pela verdade, em um contexto em que estar vivo ou morto não só é uma questão de sorte como também de perspectiva, Marcia Tiburi escreve sobre cicatrizes profundas que se tornaram invisíveis com o tempo – consequências da reinvenção de um passado diante da necessidade de salvar o próprio futuro.
FICHA TÉCNICA

ISBN: 9788501114556
Dimensões: 23cm x 16cm
Idioma: Português
Páginas: 182
Edição: 2018
Acabamento: brochura

DICIONARIO DE SÍMBOLOS

Autor:
CHEVALIER, J. E A. GHEERBRANT

R$ 189,90

Dicionário de símbolos é um convite a explorar o mundo. Publicado originalmente na França em 1969, Dicionário de símbolos é o resultado de anos de reflexão e pesquisa de um grupo de especialistas dos mais diversos campos do saber, como arte, sociologia, religião, antropologia, psicologia, política, esoterismo, entre tantos outros, coordenados por Jean Chevalier e Alain Gheerbrant. Os mais de 1.600 verbetes oferecem um apanhado histórico da produção cultural humana. A estrutura do dicionário, marcada por comparações e remissões, torna a leitura rica e prazerosa, permitindo uma compreensão profunda das raízes dos mais diversos símbolos. Esta edição revista e atualizada convida ao mergulho no mundo simbólico e ao compartilhamento, de maneira consciente e reflexiva, dos potentes significados das criações da humanidade. Para os coordenadores, “Este Dicionário de símbolos constitui, em primeiro lugar, um inventário, sempre inacabado, do imaginário simbólico, essa encruzilhada de todo psiquismo humano, onde se reúnem o afetivo e o desejo, o conhecido e o sonhado, o consciente e o inconsciente.”
FICHA TÉCNICA

ISBN: 9786558470076
Dimensões: 23cm x 15,5cm 
Idioma: Português
Páginas: 1096
Edição: 2020 
Acabamento: brochura

TUDO É RIO

Autor:
MADEIRA, CARLA

R$ 54,90

Tudo é rio é o livro de estreia de Carla Madeira. Com uma narrativa madura, precisa e ao mesmo tempo delicada e poética, o romance narra a história do casal Dalva e Venâncio, que tem a vida transformada após uma perda trágica, resultado do ciúme doentio do marido, e de Lucy, a prostituta mais depravada e cobiçada da cidade, que entra no caminho deles, formando um triângulo amoroso.Na orelha do livro, Martha Medeiros escreve: “Tudo é rio é uma obra-prima, e não há exagero no que afirmo. É daqueles livros que, ao ser terminado, dá vontade de começar de novo, no mesmo instante, desta vez para se demorar em cada linha, saborear cada frase, deixar-se abraçar pela poesia da prosa. Na primeira leitura, essa entrega mais lenta é quase impossível, pois a correnteza dos acontecimentos nos leva até a última página sem nos dar chance para respirar. É preciso manter-se à tona ou a gente se afoga.”A metáfora do rio se revela por meio da narrativa que flui – ora intensa, ora mais branda – de forma ininterrupta, mas também por meio do suor, da saliva, do sangue, das lágrimas, do sêmen, e Carla faz isso sem ser apelativa, sem sentimentalismo barato, com a habilidade que só os melhores escritores possuem.
FICHA TÉCNICA

ISBN: 9786555871784
Dimensões: 23cm x 15,5cm
Idioma: Português
Páginas: 210
Edição:  2021
Acabamento: brochura

VIDAS SECAS

Autor:
RAMOS, GRACILIANO

R$ 54,90

Vidas secas é reconhecidamente o mais importante livro de Graciliano Ramos e um dos maiores clássicos da literatura brasileira. Graciliano Ramos nasceu em 1892, no interior de Alagoas, e cresceu na fazenda do pai antes de se mudar para a capital do estado e, posteriormente, para o Rio de Janeiro, onde começou a trabalhar na imprensa. Em 1937, foi preso sob vagas acusações de defender ideologias comunistas. Ao deixar a prisão, procurou trabalho como jornalista em um jornal do Rio de Janeiro. O editor então lhe permitiu publicar um texto curto, e Graciliano escreveu um conto chamado “Baleia”, sobre o sofrimento e a morte da cachorrinha de uma família de retirantes sertanejos. O conto fez sucesso e o jornal encomendou outros no mesmo estilo. Graciliano produziu então um conto para cada membro da família: o pai, a mãe e os dois filhos. Nascia assim Vidas secas, narrado em terceira pessoa, com treze capítulos que, por não terem uma linearidade temporal, podem ser lidos fora de ordem, como contos.Lançado originalmente em 1938, Vidas secas retrata a vida miserável de uma família de retirantes sertanejos obrigada a se deslocar de tempos em tempos para áreas menos castigadas pela seca. O pai, Fabiano, caminha pela paisagem árida da caatinga do Nordeste brasileiro com a sua mulher, Sinha Vitória, e os dois filhos, que não têm nome, sendo chamados apenas de “filho mais velho” e “filho mais novo”. São também acompanhados pela cachorrinha da família, Baleia, cujo nome é irônico, pois a falta de comida a fez muito magra.Vidas secas pertence à segunda fase modernista da literatura brasileira, conhecida como “regionalista” ou “romance de 30”. Denuncia fortemente as mazelas do povo brasileiro, principalmente a situação de miséria do sertão nordestino. É o romance em que Graciliano alcança o máximo da expressão que vinha buscando em sua prosa: o que impulsiona os personagens é a seca, áspera e cruel, e paradoxalmente a ligação telúrica, afetiva, que expõe naqueles seres em retirada, à procura de meios de sobrevivência e um futuro.
FICHA TÉCNICA

ISBN: 9788501114785
Dimensões: 21cm x 13,5cm
Idioma: Português
Páginas: 176
Edição: 2019
Acabamento: brochura

DO AMOR E OUTROS DEMONIOS

Autor:
MARQUEZ, GABRIEL GARCIA

R$ 59,90

Um livro sobre o desejo que elege as paixões e atinge as raízes mais profundas do ser humano: o amor. Em 1949, o convento histórico de Santa Clara seria vendido para a construção de um hotel cinco estrelas no local. E Gabriel García Márquez, um jovem repórter, é designado para acompanhar a remoção das criptas funerárias da capela. O que mais impressionou este colombiano foi o túmulo de uma menina, que o fez lembrar as lendas contadas por sua avó. Segundo ela, no Caribe, havia uma marquesinha que tinha uma “cabeleira que se arrastava como a cauda de um vestido de noiva”. Venerada por seus milagres, ela foi mordida por um cachorro e morreu de raiva. Seria aquela marquesinha de sua infância ali enterrada? García Márquez conta a história da filha única de um marquês, criada no convívio de escravos e orixás, e um padre incumbido de exorcizar os demônios que se acredita terem possuído a pequena, cujos cabelos só seriam cortados em seu casamento. Do amor e outros demônios vem, assim, de uma inspiração de quase meio século. Mas sua história vai além. García Márquez viaja até a Colômbia, ainda colônia da Espanha, para compor uma história de amor, cercada por mistério, sortilégio e feitiçaria, culminando num processo instaurado na Inquisição. Novamente um tema eternizado na literatura mundial – um dos desejos que elege as paixões e atinge as raízes mais profundas do ser humano: o amor. Uma terna evocação de um passado colonial que, de forma pungente, amplia a solidão de uma época e das pessoas, assim é Do amor e outros demônios. Ao unir a jovem Sierva María de Todos los Ángeles e o padre Cayetano Delaura em momentos de terno sossego e ardente volúpia, o mestre do realismo mágico cria uma história com força e a pungência de um drama de nossos dias.
FICHA TÉCNICA

ISBN: 9788501042286
Dimensões: 21cm x 13,5cm
Idioma: Português
Páginas: 192
Edição: 1994
Acabamento: brochura

EDUCAÇÃO E EMANCIPAÇÃO

Autor:
ADORNO,THEODOR W.

R$ 59,90

Em Educação e emancipação são reunidos ensaios arrebatadores e atuais de Theodor W. Adorno, considerado um dos intelectuais mais influentes e brilhantes deste século. Os grandes desastres ocasionados pelo nazismo e pelas ditaduras levaram o pensador a valorizar a importância dos sistemas educativos na construção de sociedades democráticas. Assim, em Educação e emancipação, o autor constata como a formação pode conduzir à barbárie e à dominação, algo que o nazismo revelou ao propagar nas instituições escolares uma “falsa cultura”, que impedia o pensamento crítico. Uma das principais questões que o filósofo se pergunta é como este mundo, tão desenvolvido científica e tecnologicamente, pode ter ao mesmo tempo tanta miséria. Prestar atenção ao que acontece no mundo obriga a entender a formação das pessoas e analisar o papel tanto das instituições de ensino como dos meios de comunicação. Neste livro, que reúne vários textos de Adorno, o filósofo faz uma reflexão acerca de diversas questões, analisando o efeito das mídias na educação da população e sua importância para a formação de uma sociedade mais livre, pensando sobre o papel dos professores nesse processo e indicando como estratégias de educação podem levar a um caminho de barbárie. Esses textos revelam o interesse de Theodor W. Adorno pela dimensão emancipatória que deve promover educação, cultura e ética destinadas à formação de pessoas democráticas. Com esta obra, o filósofo reafirma sua importância na discussão de temas em favor da cultura e contra a “”falsa cultura””. Contrariando a imagem de um pensador denso e de difícil acesso, reúne ensaios arrebatadores e atuais, como “O que significa elaborar o passado”, considerado uma verdadeira aula de dialética, além de textos como “A filosofia e os professores”, “Tabus acerca do magistério”, “Televisão e formação”, “A educação contra a barbárie”, entre outros.
FICHA TÉCNICA

ISBN: 9786555480160
Dimensões: 21cm x 13,5cm
Idioma: Português
Páginas: 208
Edição: 2020
Acabamento: brochura

EDUCAÇÃO NÃO VIOLENTA

Autor:
SANTOS, ELISAMA

R$ 49,90

Como estimular autoestima, autonomia, autodisciplina e resiliência em você e nas crianças. A partir de sua experiência como consultora de comunicação não violenta (CNV) e comunicação consciente, educadora parental e mãe de duas crianças, Elisama Santos propõe uma conversa com pais e mães que desejam construir relações e aprendizados baseados no respeito e no diálogo – e querem estimular autoestima, autonomia, autodisciplina e resiliência em si mesmos e nos filhos. A ideia é que o processo de construção de conhecimento torna-se positivo quando ocorre por meio da empatia e reflexão crítica. Assim, a autora apresenta conceitos que podem ajudar pais e filhos a se aproximarem, conectando-se com os próprios sentimentos e comunicando-os ao outro de forma objetiva e respeitosa: a comunicação não violenta, de Marshall Rosenberg; a atenção plena (mindfulness), do zen-budismo; a disciplina positiva, de Jane Nelsen; e a inteligência emocional, de Daniel Goleman. Educação não violenta é uma alternativa à cultura autoritária que justifica o uso da violência e da repressão como método educativo. Aqui buscam-se caminhos para uma educação mais solidária e compreensiva, acreditando ser possível educar as crianças com consciência, para que as próximas gerações possam colher os frutos de um mundo mais amoroso e justo. “Elisama Santos escreveu a antítese do livro de autoajuda fácil: deixa perguntas para serem respondidas pelas histórias humanas individuais, respeitando as subjetividades, que são o nosso maior tesouro.” – Alexandre Coimbra Amaral, psicólogo do programa Encontro com Fátima Bernardes. Educação não violenta é um presente para pais e filhos.

FICHA TÉCNICA

ISBN: 9788577534036
Dimensões: 23cm x 15,5cm
Idioma: Português
Páginas: 168
Edição: 2019
Acabamento: brochura

EDUCAÇÃO COMO PRÁTICA DA LIBERDADE

Autor:
FREIRE, PAULO

R$ 54,90

Educação como prática da liberdade foi escrito em 1967, durante o exílio forçado de Paulo Freire no Chile. Tem como principal objetivo alcançar a educação que liberta seres humanos da condição de oprimido e os insere na sociedade como forças transformadoras, críticas, politizadas e responsáveis por todas as pessoas que a integram. Além de apresentação de Francisco C. Weffort e prefácio-poema de Thiago de Mello, esta edição reúne apêndice com exemplos de situações existenciais, que possibilitam no Método a apreensão do conceito de cultura. São acompanhadas de desenhos de Vicente de Abreu feitos a partir das pinturas originais de Francisco Brennand, destruídas pela ditadura militar brasileira. Ao longo de sua história, Paulo Freire recebeu mais de cem títulos de doutor honoris causa, de diversas universidades nacionais e estrangeiras, além de inúmeros prêmios, como Educação para a Paz, da Unesco, e Ordem do Mérito Cultural, do governo brasileiro. Integra o International Adult and Continuing Education Hall of Fame e o Reading Hall of Fame.“Quando um ex-analfabeto de Angicos, discursando diante do presidente Goulart, que sempre nos apoiou com entusiasmo, e de sua comitiva, declarou que já não era massa, mas povo, disse mais do que uma frase: afirmou-se conscientemente numa opção. Escolheu a participação decisória, que só o povo tem, e renunciou à demissão emocional das massas. Politizou-se.”
FICHA TÉCNICA

ISBN: 9788577534234
Dimensões: 21cm x 13,5cm
Idioma: Português
Páginas: 192
Edição: 2019
Acabamento: brochura

EDUCADOR

Autor:
FREIRE,MADALENA

R$ 54,90

Filha do Patrono da Educação Brasileira, Paulo Freire, Madalena Freire apresenta as experiências e reflexões de sua prática pedagógica e nos mostra diversas maneiras de se tornar um educador. Os textos que constituem Educador foram vividos e gestados em salas de aula pelo Brasil afora. Todos dizem respeito aos dilemas enfrentados no processo de aprendizagem da autora. Sem cair no “pedagogês viciado”, Madalena Freire generosamente concebeu este livro que desenvolve-se como uma sinfonia: com seus movimentos de ir e voltar, anunciar e repetir os temas. “Os poemas, os pequenos textos entrelaçados mostram a minha pessoa que também cresce, muda, morre, renasce, sofre, odeia, ama, mas enfrenta num só corpo a vida pessoal e profissional. ‘Somos uma inteireza ‘ como nos diz Paulo Freire; com isto quero dizer e mostrar que a matéria-prima a ser forjada, lapidada, somos nós mesmos, junto com os outros, neste processo permanente pela beleza do conhecimento na busca da transformação, mudança viva em vida”, reflete Madalena, em Educador. “Neste livro, os leitores vão encontrar, de forma sintetizada, como se tornar um educador, com suas ‘dores e delícias de ser o que é’. É para ser lido devagar. Digerindo para não cair na armadilha fácil de simplesmente repetir o que ela fala e nem achar que é tudo muito simples. Por isso, quero fazer um pouco o papel de bula deste livro, sugerindo pequenas doses sistemáticas, sugerindo que se vá observando as reações do organismo. Para fazer efeito, deve ser compartilhado aquilo que incomoda, que ajuda e que renova. Se as reações forem muito adversas, reduza a dosagem, mas não desista! Aproveite para aprender muito, discordar, avançar. É para ser entendido como se fala, mas vivido no mundo real.” – Lourdes Atié
FICHA TÉCNICA

ISBN: 9788577530632
Dimensões: 21cm x 13,5cm
Idioma: Português
Páginas: 116
Edição: 2008
Acabamento: brochura

EDUCAR SEM PIRAR

Autor:
PERIM, NANDA

R$ 44,90

Nanda Perim, psicóloga, educadora parental e criadora da PsiMama, lança o seu aguardado Educar sem pirar, um guia prático para descomplicar a vida de mães e pais! Educar sem pirar: Guia prático da PsiMama para descomplicar a vida com filhos é o primeiro livro da educadora parental Nanda Perim e já nasce aclamado dentro da literatura sobre parentalidade e criação de crianças. Seus valiosos conselhos partem da teoria e da prática: além de uma rica formação acadêmica, Nanda é mãe de duas crianças – Théo e Gael. Portanto, tudo o que você vai ler neste livro são dados não só aprendidos e colocados em prática na vida familiar da autora, como também são transmitidos e ensinados para centenas de milhares de mães e pais, nas redes sociais e/ou em cursos. Com mais de meio milhão de inscritos, Nanda é sucesso no Instagram. Depois de anos acompanhando diferentes casos, tirando dúvidas e or­ganizando ideias, Educar sem pirar é um compilado didático e prático, com ações eficazes que tornarão seus dias com suas crianças mais leves, organizados e divertidos – sejam eles bebês, crianças pequenas ou adolescentes. Nanda é categórica ao afirmar que não tem a intenção de ensinar o leitor a ser mãe ou pai. Nem tampouco pretende dar dicas para se ter uma criança calma, obediente, que não faz “birra” nem “chora à toa”. Essas seriam expectativas irreais, segundo a autora. Com este livro, Nanda pretende mostrar que crianças são seres que choram, fazem barulho, brincam e sentem. E como você, enquanto figura parental, deve entender como essas coisas são naturais e como pode ser assertiva sem reprimi-las. Além de lembrar que você também é um ser humano e não deve ter medo de errar.

FICHA TÉCNICA

ISBN: 9786557120675
Dimensões: 23cm x 15,5cm
Idioma: Português
Páginas: 266
Edição: 2021
Acabamento: brochura

INDÚSTRIA CULTURAL E SOCIEDADE

Autor:
ADORNO, THEODOR

R$ 39,90

Reunião de ensaios de Adorno, Indústria cultural e sociedade retorna às livrarias com novo projeto gráfico. “Um volume de Adorno é equivalente a toda uma estante de livros sobre literatura” – Susan Sontag Analisar e compreender a organização e a manifestação da cultura dentro do desenvolvimento do capitalismo foi um dos motores de pensamento do alemão Theodor W. Adorno. E, sem dúvida, a extensão dessa elocubração que se detém ao ritmo industrial da produção cultural, sempre rápido, duro, pasteurizado e “sem alma”, segundo Adorno, é criticável em qualquer regime político, econômico e ideológico. Nesta nova edição de Indústria cultural e sociedade, leitores e leitoras encontrarão três importantes ensaios de Theodor Adorno escolhidos pelo professor da Universidade de São Paulo Jorge de Almeida. São eles: “Indústria cultural: o Iluminismo como mistificação das massas”, “Crítica cultural e sociedade” e “Tempo livre”. Escritos entre 1947 e 1969 – ano de morte do autor –, estes textos apresentam suas ideias centrais acerca do empobrecimento da experiência, da desvalorização do ócio e do desenvolvimento artístico. Diante destes ensaios clássicos da filosofia da comunicação e da estética, podemos conhecer e questionar as atuais implicações e imposições da ideologia e da técnica. Se até agora estivemos diante do sempre-igual, com este livro será possível refletir e modificar a pseudocultura da indústria cultural.
FICHA TÉCNICA

ISBN: 9786555480146
Dimensões: 21cm x 13,5cm
Idioma: Português
Páginas: 112
Edição: 2021
Acabamento: brochura

Encontrada (Vol. 2 Perdida)

Autor:
Rissi, Carina

R$ 59,90

Encontrada: à espera do felizes para sempre é a continuação de Perdida, grande sucesso de Carina Rissi, com mais de 100 mil exemplares vendidos, hit entre leitoras de todas as idades, best-seller até na Alemanha. Carina também é autora de Perdida, Sofia está de volta ao século dezenove e mais que animada para começar a viver o seu final feliz ao lado de Ian Clarke. Ela conta com a ajuda de sua cunhada, Elisa, para aprontar os preparativos de seu casamento, para que tudo saia dentro dos costumes da época, ou pelo menos quase tudo. Afinal a tradição local é que a cerimônia seja celebrada em Latim, língua que Sofia não está nem perto de dominar. Esse é só um dos desafios que Sofia precisará enfrentar, tudo indica que se tornar a sra. Clarke não vai ser tão simples quanto ela imaginava. As confusões encontram a garota antes mesmo de ela chegar ao altar – e uma tia intrometida que quer atrapalhar o relacionamento é apenas mais uma delas. Com a sua viagem de lua de mel cancelada, Sofia percebe que coisas estranhas estão acontecendo na vila e Ian parece estar enfrentando alguns problemas que prefere não dividir com a noiva. Decidida, Sofia fará o que estiver ao seu alcance para ajudar o homem que ama. Ela não está disposta a permitir que nada nem ninguém atrapalhe seu futuro. Porém suas ações podem pôr tudo a perder, e Sofia descobre que a única pessoa que pode de destruir seu felizes para sempre é ela própria. Capaz de encantar os fãs de Jane Austen, Encontrada: à espera do felizes para sempre é um romance adorável. Carina Rissi traz de volta o mundo apaixonante de Ian e Sofia, nos permitindo mergulhar mais uma vez nessa maluca e envolvente história de amor.

FICHA TÉCNICA

ISBN: 9788576863182
Dimensões: 23cm x 15,5cm
Idioma: Português
Páginas: 476
Edição: 2014
Acabamento: brochura

PEDAGOGIA DA ESPERANÇA

Autor:
FREIRE, ANA MARIA ARAUJO | FREIRE, PAULO

R$ 64,90

Para fazer brotar as energias da esperança. Em Pedagogia da esperança, de 1992, Paulo Freire faz uma reflexão sobre a Pedagogia do oprimido, um reencontro com ela, com suas vivências em quase três décadas nos mais diferentes cantos do mundo. O livro, atual e imprescindível, conta ainda com a colaboração de Ana Maria Araújo Freire, através de notas explicativas.Em 1963, em Angicos, interior do Rio Grande do Norte, 300 trabalhadores rurais foram alfabetizados em apenas 40 horas, pelo método proposto por Paulo Freire. Esse foi o resultado do projeto-piloto do que seria o Programa Nacional de Alfabetização do governo de João Goulart, presidente que viria a ser deposto em março de 1964. Em outubro desse mesmo ano, Freire deixou o Brasil para proteger a própria vida. Apenas voltou a visitar o país em 1979, com a abertura democrática.Ao longo de sua história, Paulo Freire recebeu mais de cem títulos de doutor honoris causa, de diversas universidades nacionais e estrangeiras, além de inúmeros prêmios, como Educação para a Paz, da Unesco, e Ordem do Mérito Cultural, do governo brasileiro. Integra o International Adult and Continuing Education Hall of Fame e o Reading Hall of Fame. “Hoje, distante em mais de 25 anos daquelas manhãs, daquelas tardes, daquelas noites, vendo, ouvindo, quase pegando com as mãos certezas sectárias, excludentes da possibilidade de outras certezas, negadoras de dúvidas, afirmadoras da verdade possuída por certos grupos que se chamavam a si mesmos de revolucionários, reafirmo, como se impõe a uma Pedagogia da esperança, a posição assumida e defendida na Pedagogia do oprimido contra os sectarismos, castradores sempre, e em defesa do radicalismo crítico.”
FICHA TÉCNICA

ISBN: 9788577534197
Dimensões: 21cm x 13,5cm
Idioma: Português
Páginas: 336
Edição: 2020
Acabamento: brochura

Esperança feminista

Autor:
Diniz, Debora; Gebara; Ivone

R$ 59,90

Em Esperança feminista, Debora Diniz e Ivone Gebara – duas das principais vozes do feminismo brasileiro – se encontram para pensar a ação feminista a partir de doze verbos políticos e poéticos. Professora universitária, Debora Diniz é conhecida amplamente pela sua atuação para garantia dos direitos sexuais e reprodutivos das mulheres, incluindo a descriminalização do aborto. Pela reação de extermistas à sua atuação, foi obrigada a se autoexilar em 2018. Recebeu mais de cem prêmios, entre eles o prestigioso Dan David, pelo trabalho acadêmico em igualdade de gênero, e foi indicada pela importante revista Foreign Policy um dos cem pensadores globais de 2016. Ivone Gebara é uma freira católica ecofeminista que, devido à teologia crítica que fazia – e faz – e à sua postura sobre a descriminalização do aborto, foi proibida pelo Vaticano, durante vários anos, de falar em público e divulgar suas ideias. O enfoque que dá a valores como autonomia e liberdade da mulher, que tradicionalmente são negados pela Igreja católica, faz com que seja inspiração para grupos feministas, como o importante Católicas pelo Direito de Decidir.
FICHA TÉCNICA

ISBN: 9786589828068
Dimensões: 21cm x 13,5cm
Idioma: Português
Páginas: 280
Edição: 2022
Acabamento: brochura